E ainda seguimos em teu caminho!

001 portoalegre

A caminhada das Novas Gerações em São Paulo e na região segue a passos firmes. A alegria do encontro, a estranheza e beleza do diferente, a partilha de vida, a incompreensão dos superiores, a utopia de um mundo melhor fundamentados na pessoa de Jesus Cristo, são alguns elementos de como é vivida as Novas Gerações da Vida Religiosa.

Repletos de atividades, os religiosos apertam suas agendas para reservar a data do nosso encontro e do reencontro. O ambiente das Novas Gerações é marcado pela alegria de quem acolhe e, de quem chega; nossos registros expressam essa alegria. Em um mundo marcado por desencontros, o encontrar-se nas Novas Gerações soa como sinal de que é possível contrapor-se a este mundo tão individualista e individualizante. Encontrar-nos é sempre revigorante e animador. O fim de cada encontro já nos faz querer e buscar o reencontro.

As Novas Gerações não têm rosto, língua, nacionalidade, as NG é plural. Somos marcados pela internacionalidade e interculturalidade, o que faz com que nosso grupo seja rico de carismas. Essa pluralidade gera estranheza, mas no encontro vai-se descobrindo a beleza do que a nós parecia diferente. Somos muitos rostos de diversos lugares que se encontram por um modelo de vida comum fundamentado no exemplo do próprio Cristo. Além disso, essa pluralidade, nos ajuda a viver melhor na sociedade líquida de nossos dias, onde os diferentes se chocam e poucas vezes se encontram.

O partilhar a vida é essencial em nossos encontros. A partilha do outro nos anima, nos desafia, nos faz mais humanos. Nos é proporcionado pelas NG um lugar onde percebemos que não estamos sós na caminhada e fortalecemos nosso caminhar através das partilhas, que se dão de maneira espontânea e descontraída, no mais primordial modo de comunicar-se, através das falas, dos risos e dos cantos de quem busca encantar o mundo.

Além dos desafios do nosso próprio tempo que não entendem a dinâmica de viver em comunidade, ainda contamos com a incompreensão de alguns superiores que v em as NG como tempo perdido, pois não gera, segundo estes, um compromisso concreto ante as nossas realidades desafiadoras. É compreensível a incompreensão de alguns, cabe a nós demonstrar, que esta “perda de tempo” nos compromete mais, embora não haja discussões ou documentos que saiam de nossos encontros onde assumimos compromissos, cada um grava no próprio coração as experiências que nos ajudarão a enfrentar os desafios do cotidiano do ser religioso, do ser seguidor de Jesus.

Com as Novas Gerações mantém-se vivo o sonho do próprio Cristo, o de construir um mundo melhor. Nosso grupo não é novo por nossa faixa etária, a novidade é o “espírito jovem”, vivificador, que não nos deixa desanimar com os resmungos das gerações passadas ou nos intimidar com as falhas, seguimos apaixonados e comprometidos com a causa de Cristo. Resta-nos manter a alegria e o brilho nos olhos de quem acredita que é possível transformar o mundo.

“E ainda seguimos em teu caminho

Deus feito homem, mestre e guia

E ainda vivemos tão convictos

Que só o Reino é nossa utopia

E ainda seguimos apaixonados

De tua pessoa e de teu projeto

E ainda sorrimos e ainda cantamos,

Tão obstinados de um mundo novo.”

(Trecho de música em espanhol, a qual traduzi para resumir o que significa as NG para mim),

Raimundo Maciel Ribeiro

Missionários do Verbo Divino

Novas Gerações de São Paulo

2° ano de Teologia - ITESP

Natural de Oriximiná-Pará