GRENI Brasília: animação e reflexão

O Grupo de Reflexão de Religiosas/os Negras/os e Indígenas – GRENI -, da Regional Brasília, está em processo de reorganização e nessa dinâmica realizou dois encontros em 2017, um em abril e outro em maio. Seguindo a orientação da CRB Nacional, o grupo está estudando o livro TERNURA E RESISTENCIA. Embora o livro trate apenas da questão afro na Vida Consagrada, os estudos têm sido enriquecidos com a reflexão sobre a realidade das/os indígenas no Brasil.


A partir dos encontros reforça-se a certeza de que o GRENI é um espaço de reflexão, animação e articulação para Vida Consagrada Negra e Indígena e tem o papel histórico de anunciar um tempo novo, onde o povo negro e o povo indígena possam aprofundar a sua fé e a fé de sua Comunidade, buscando o reencontro das raízes históricas de si próprios, principalmente do povo negro e do povo indígena que vive hoje a sua experiência de fé na Vida Consagrada.


Além disso, o GRENI é um espaço aberto para todos e todas Religiosos/as sensíveis às causas negras e indígenas, sobretudo na conjuntura atual com tantos retrocessos no que se refere aos direitos sociais adquiridos.


Para animar e articular a caminhada foi escolhida uma Equipe de Coordenação composta pelas Irmãs: Maria Célia Ferreira Cavalcante, MJC; Ir. Tereza Mafalda INP; Ir. Ana Cristina Bastos, Batistina e as Irmãs Simone Maria e Deuzelina Linhares, JMJ.


E com muita alegria o grupo vai organizar uma Missa Afro para celebrar o dia da Consciência Negra.